Meu futuro....

Dizem que os poucos homens que tem a “privilégio”de deslumbrar o seu próprio futuro, são: ou muito bem sucedidos, ou morrem por enlouquecer. Bem, não sei ao certo o que irá acontecer comigo, porque essa semana eu tive esse “privilégio-maldição”. Quando vi aquele ser careca, com um óculos torto, uma calça preta de brim um pouco suja, uma camisa pólo bem velha, segurando o braço de sua senhora, entrando no ônibus, no mesmo ônibus que eu estava, fiquei meio atordoado. Não que eu tenha algum tipo de tara geriátrica, é só que eu percebi que acabava de ver meu futuro. Sim senhoras e senhores que ainda lêem o super nada, eu vi meu futuro e não precisei de bola de cristal, ele simplesmente estava a minha frente, materializado em forma de gente.
Não foi a visão mais bela que eu tive, para ser bem sincero eu não gostei nada desse meu futuro. Fique com um pouco de medo. Mas não me deixei abater, precisava saber mais sobre aquele ser que ali estava, então cheguei mais perto para verificar o tom de voz e o assunto que ele discutia com sua senhora. Fique assustado mais uma vez, pois ele tinha o mesmo tom de voz que o meu (só que mais velho é claro) e o desgraçado estava falando sobre política, me pergunto o quanto àquela senhora já teve o que ouvir.
Mas não foi só sentimento de surpresa que se abateu sobre a minha pessoa. No final da viagem, fiquei pensando sobre o que eu podia concluir daquela visão, acho que todos sabem que eu não tenho crenças e que só acredito no meu potencial, mas nesse dia, especialmente nesse dia, me senti tentado a acreditar que aquela visão era um aviso divino. Talvez aquele homem fosse só fruto de minha imaginação desmotivada pela falta de música no momento. Talvez ele fosse realmente um aviso de um ser superior de que a minha vida não está indo pelo caminho certo ou que está indo pelo caminho certo e que aquele seria o meu fim triste, caso não tivesse mudando tanto. Mas o que importa mesmo é que, se aquilo foi um recado dos deuses, provavelmente foi um deboche comigo, porque me fez chegar a acreditar em deus. Não quero me tornar o que eu vi, e não é por ele ser feio, careca, cabecinha de Paraíba e quase cego, é por ele ser pobre, o que eu sempre luto para não ser.
Pobreza, jovens, e a segunda pior coisa que pode se abater sobre um ser vivente. Não existe, pelo menos que eu tenha vivido, nada pior que se abrir uma geladeira e não se ver o que comer e olha que tem gente que nem geladeira tem. Não quero ser pobre, porque já senti fome, já senti frio e tenho o poder de aprender e sentir vendo os outros vivenciando.

Queria terminar esse post com alguma palavra de consolo para mim mesmo, mas acho que isso é meio impossível. Tenho vivenciado uma volta a fase: “Breno, o terrorista”, não to sabendo o quero, e isso é estranho, porque sempre fui muito decidido. E fora que velhos hábitos estão batendo a porta, quando passo por uma banca de jornal que vem cigarro fico pensando “só um não vai fazer mal”, basta a menor partícula de álcool dispersa no ar para que meu corpo gele e eu lembre que aquele líquido pode me esquentar e ontem, dia estranho, passei por dois caras fumando maconha e pensei como seria bom ter aquele sensação de onipotência de novo. Até mesmo comecei a pensar sobre a utilidade desse blog e se ele deve continuar no ar...

P.S: sem mais P.S...

12 Comentários:

Anônimo disse...

talvez o fato de vc ter "se" visto de uma forma que vc "não quer ser" possa ser um sinal do que vc *possa virar* caso dê ouvidos as tentações dos velhos hábitos. é um guerra e é difícil pacas + imagino que a sensação de "ônipotência" é bem mais forte quando vc olha para essa porcariada e cospe com gosto em cima disso tudo pq dentro de vc isso só vai causar destruição tanto física quanto mental e espiritual.

trabalhe arduamente, perca seu tempo estudando e não com amigos inútes, economize o máximo, não seja egoísta e trapaceiro para ter dinheiro e vc vai chegar aonde vc qr quer. esse é o caminho mais difícil do que roubar um banco ou abri uma empresa que vive de sonegação e contrabando mas sem duvida é a mais gratificante

te desejo o melhor na vida. de coração eu percebo que vc é uma pessoa cheia de sonhos e boas vontades e espero que vc vá sempre além

ate+!!

Hermano disse...

Baka!!!

*Cansado de amigos depressivos*

O geração mais ou menos! Todo dia é um com esse papo torto de "Oh vida, oh céus, oh assar!"
Aviso divino? Tem certeza que você ta sóbrio Bode? rssssss

Super Nada disse...

Olhá, nem sabia que o hermano passava aqui no blog...

TOOP disse...

Pois do futuro só sabemos com certezao seu nome... do resto.

A supresa vale mais.
;)

mustafa disse...

nao tenho muito o que falar sobre isso nao cara.
to sem pc, e com um poko de pressa...

que merda hein cara
eh o destino
ficar velho, e se vc nao lutar.. ficar pobre, tambem..
nao sei nem o que posso concluir a respeito do meu futuro... menos aonda sobre o seu.

Momento filosófico do mustafa:
Mais vale um na mão, do que dois no sutiã...
ops... nada disso..
Quem com ferro fere, tanto bate ate que fura...
isso também nao...
A voz do povo, não faça o que eu faço...
Jamais se esuqeça.. Aonde quer que você vá, você sempre estará lá.

Naiara Ramalho disse...

Ver seu futuro olhando pra uma pessoa definitivamente não é normal. Quem me dera se eu visse a Gisele Bundchen no busão e pensasse "oh meu deus, sou eu no futuro" õ.ô

Mary West disse...

Não leve em conta este humor ironico dos deuses, é super evangelico dizer isso, mas vale a pena ser forte e livrar-se dos maus hábitos. Desvie-se sempre para o bem e não para o mau, e não me digas que não sabes que o caminho de um é totalmente oposto do outro. Seu futuro é vc quem faz, por mais clichê que isto soe.

Leo disse...

18 anos. O cara do qual você falou parece ter uns 60. São 42 anos de diferença. Se foi um aviso, um recado ou uma piada de um ser superior, não importa. O que vale ressaltar é que você tem uma vida inteira pela frente e, quando você tiver a mesma idade daquele homem, será o resultado das suas atitudes durante essa vida.

A sensação de onipotência que você disse pode ser maravilhosa, mas... e quando ela acabar? Você vai lá e sente de novo? E vai ficar assim até quando?

Se você não quer ser pobre, vai a luta, cara! Manda o álcool, o cigarro ou qualquer outra merda, pra casa do caralho! Centra no seu estágio, no seu estudo e não para com o blog não! Tem muita gente que lê o que você posta e que gosta de ler. Eu mesmo sou um. Passei muito tempo sem vir aqui e hoje li uns 5 posts seu. Se você achar que o blog não é mais útil para você, tudo bem. Mas tem muita gente que o acha legal e que gostaria de ver sempre mais posts do Breno por aqui.

Um cigarro faz mal. Um post faz bem pra você e pra todo mundo que passa pelo blog.

Até mais! Aguardo o próximo post!

lnj disse...

Bodinho!
vo para d t chamar de emO preferido pq vc tah quase virando um mesmo...
ó...sossega teu facho e naum vem cum esses papos d velhos habitos naum...
pq se naum vc naum vai nem saber qual vai ser seu futuro e se ele vai ter alguma coisa a ver cum a "visão" q tu teve...
q eu acho q naum tem nd a ver...
pq pra mim teu futuro eh como escritor...
nem q seja de livro de auto-ajuda...
mas............

Pero Vaz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaque disse...

O medo de não querer ser daquele jeito, de futuramente não querer tá na mesma situação que aquele cara, é que deve ter te deixado noiado sobre o que vai ser da sua vida, daqui uns anos. Nem vale a pena ficar encucando nessas coisas... é perda de tempo e é deprimente. Poderia ter serventia se fosse pra vc pensar: "Pqp, eu não quero ser assim, e eu não vou ser assim!", e seguir em frente. Se ver numa pessoa que vc não gostaria de ser, e achar que aquilo tá predestinado pra sua vida, só te atrasa, o maior exemplo disso é ficar pensando nessas merdas que vc julga deiraxem um sensação de "onipotência"... Vc não é a vítima.

Se acabar com o blog, eu te bloqueio no msn, hein? HAHAHA

Beijo.

Ps.: Esse comentário excluído foi meu, tava logada em outra conta. ;S

Anônimo disse...

Certo! Essa é uma visão nada legal de se ter a respeito do próprio futuro. Mas e daí? O que importa não se termina rico ou pobre, mas com ou sem arrependimentos.
Mesmo sendo tentado a crer em Deus na sua visão futurística, deve permanecer com fé em seus ideais. É fato que um pouco de fé não te fará mal nenhum, mas nem a fé em algo externo lhe salvará se não acreditar em sí mesmo. Portanto conclua o que puder para ser capaz de finalizar como deseja. Até Deus deixa bem claro que sua vida é problema seu e seu destino é sua responsabilidade. Você só precisa acreditar de verdade naquilo que defende, e então rico ou pobre será feliz. Com Deus ou sem Ele!