“This is the modern way”

“This is the modern way”, é com essa frase que começo meu post. Quem vê o jornal da Record logo pela manhã, nem vai precisar que eu explique o porque de eu estar saindo do (quase) pacto que eu fiz de evitar (tentar) escreve algo nessa língua (sem poesia), chamada de inglês. Bom... o papo é o seguinte: A Inglaterra liberou o uso de embriões híbridos em pesquisas. Mas o que são embriões híbridos? Hummmm.... lembra de X-man, é quase isso. Os embriões híbridos tem metade de seu código genético humano e metade animal. Colocando de uma forma mais simples, eles vão cruzar homem e animal.

É obvio que qualquer explicação que eu de sobre o assunto, vai sempre ser incompleta, primeiro porque eu detesto biologia (nunca me importei em entender porque eu nasci com o cabelo crespo e negro) e segundo porque eu fiquei tão eufórico que não prestei muita atenção na parte da reportagem que era destinada a explicar melhor o sistema.

Mas, que se foda os termos técnico. O que realmente importa é que eu vou estar vivo quando os mutantes vierem, e eu não estou falando da banda dos anos 60! Cara, isso é quase um sonho. Só de saber que agora um homem pode ter suas qualidades genéticas melhoradas sem precisar do esforço físico de se estar em uma academia, basta que, quando concebido, ele tenha seus genes modificados (seriamos seres humanos transgenicos??).

Tá! Eu sei que a coisa não é bem assim, mas é que hoje eu quero dar uma viajada, porque sempre sonhei no dia em que a ciência ia encontrar uma forma de vencer a morte (só para jogar na cara de Deus, que realmente somos a sua imagem e semelhança, até imortais seremos). Tá bom, mas o que a pesquisa com embriões vivos tem haver com a imortalidade? Se você fez essa pergunta começa a tomar cuidado da sua imaginação. Esse é só um dos pequenos passos que damos para chegar mais perto do objetivo final. Eu acredito que o próximo será misturar homem e máquina.

A verdade é que, por mais que a natureza lute e que os eco-chatos digam que ela esta vencendo, nós (o ser humano, a máquina que não para nunca) vamos vencer essa guerra e evoluir. Um dia (quem sabe) o homem vai controlar a natureza. Um dia iremos ser tão poderosos, que seremos capazes de criar matéria do nada, ou seja, sermos capazes de criar vida ou de tira-la sem nem alterar a condição inicial do ser.... (to passando mal cara, é sério!!!)... eu chego a ter orgasmos quando penso nesses coisas.

(Fui até o banheiro e joguei água na cara...)

Não, não posso mentir Ainda to passando mal com a notícia. Só uma pequena história: Quando eu era menor, tinha a péssima mania de tentar fazer a pessoas pensarem igual a min. Um belo dia, na casa de um pastor (que é amigo da família), seu filho e eu estávamos jogando um Game no PC, cuja história tinha haver com “você” (o personagem do jogo) ser uma mutação genética com características animais. Me lembro que o (idiota, babaca, escroto, tosco, esdrúxulo, covarde e descrente (sim, porque se você não acredita na ciência você é descrente) pastor, disse com todas as letras: “Esse tipo de coisa nunca vai acontecer. Deus é poderoso. Ele não vai permitir que estraguem sua melhor obra”.

Cara, quando meu pai me chamou para ver a reportagem, fiquei pensando naquele pastor, vendo a mesma reportagem logo pela manhã, com seu modelo de família perfeita, sentada a mesa com comida suficiente para acabar com a fome na África. Depois pensei nele cuspindo suco de laranja na cara de sua esposa, porque ficou assustado com a notícia...

É fato gentis donzelas e nobres cavaleiros: Esses são os caminhos da modernidade, e ninguém para o carro do homem, que vai deixando a carroça de Deus para trás...

Letra de uma música que eu adoro:

"Devoro exércitos, devoro exércitos,
canto para os pássaros, corro nos desertos, nem
a vontade de mil conselhos pode me deter.
Devoro exércitos, devoro exércitos,
o sangue negro feito petróleo da boca escorre e
me deixa mais forte.
Nem São Jorge irá te proteger.

Vou chegar as crateras da lua e me tornar um deus.
Vou chegar as crateras da lua e me tornar um deus."


OBS: Sim, esse foi aquele tipo de post polêmico que eu devia evitar, mas eu até que gosto de levar esse tipo de polêmica.

OBS: Ainda tenho o outro blog Contos, café, poesia...Então é só entrar lá e ler as minhas tentativas de contos e crônicas.

6 Comentários:

Anônimo disse...

olá! que noticia louca! eu acho que toda fonte de informação é valida. acho q tem que pesquisar sim e saber até aonde o mundo vai + acho que não precisa deixara noção do ridículo pra fora tbm. esse mundo já é um lixo com o que agente tem disponível imagina se criarem um bando de seres malucos e incontroláveis só por prestigio próprio e para terem seus nominhos citados pelo resto da vida. É por isso q o mundo está do jeito q está. Vem alguém e cria algo novo e revolucionário que todo mundo fica fascinado + depois dá merda como o aquecimento global e todo mundo se omite e fica culpando o terceiro ao invés de assumir q tbm teve parte no negócio.

certamente Deus n vai impedir nenhum cientista de fazer da criação dEle uma aberração + depois q der merda não qro ouvir ninguem falar:

"ahh kd Deus que não está vendo isso? que n controla aquilo? que não ajuda nisso?"

★. Marii .★ disse...

Oii!
ÃHnn? Cruzar homem e animal?
OMG
dessas "modernidades" a gente pode esperar de tudo, mas não pensei que fosse pra tanto. Isso não é ciência, é monstruosidade ;~~

beijo!

Fábio Nunes de Moura disse...

Bah, tinah escrito umas 20 págians aqui comentando, mas demorou tanto que deu pane e apagou...aff...

Seja como for...
Eu dizia algo como:
Acho legal fazerem testes, mas eles tÊm um propósito?

Apareça
www.desarranjosintetico.blogspot.com

Abraços.

Fábio!

Tanmi Morais disse...

homem com animal?!
estranho você gostar dessa idéia :S
sou a favor da ciência em diversos aspectos, desde que sejam coerentes.

postei um texto novo :)

=*

Thiago Borges disse...

Cara, acho que o mundo vai acabar e o homem vai morrer, e não há nada que a ciencia possa fazer para evitar a catastrofe. Acho que um novo tipo de diluvio vem por aí, e dessa vez não vai ser agua não, e sim fogo.

Leo disse...

Pela primeira vez neste blog, discordo de tudo que você disse. Eu ainda acho que o homem vai causar a própria extinção. Só resta saber como...