O começo do fim?

A coisa que eu mais tenho sentido falta é de poder escrever como escrevia antes. Faz alguns meses que eu estou passando pela maior crise de criatividade de todos os tempos dessa curta existência que chamo de vida. Nunca antes eu havia passado por um período tão grande de falta de inspiração. Atualmente só consigo escrever sobre aquilo que ouço e vejo. Criar que é bom, necas!

Vocês (hoje posso dizer vocês, pois sei que mais de uma pessoa visita esse blog) podem nem ter percebido, porque não coloco aqui minhas criações, mas quem lê o Contos Café Poesia já deve ter percebido que eu não posto nada à um bom tempo. Não quero escrever textos, contos e poesias com menor qualidade do que aquelas que eu já escrevia, então por isso não posto nada. Minha mente tenta se manifestar algumas vezes durante o dia, mas geralmente eu estou no meio de um trabalho ou na condução e por isso não tenho tempo de parar para colocar no papel as loucas idéias que surgem e quando eu digo que são loucas, é porque elas realmente estão muito fora do normal.

Ainda não terminei o conto/romance que estava escrevendo, o Camadas, e para piorar ainda não acabei a série Um Novo Escurecer e nem o conto Lotus. Estou definitivamente parado. Admito que não sei por onde voltar, é fato que eu perdi o feio da meada em todos os projetos que tinha começado.

Início 2009 cheio de projetos inacabados e uma extrema falta de tempo. Agora vem a faculdade (se tudo der certo nesse domingo dia 11), que aparenta consumir muito mais tempo que o colégio.

A boa notícia é que agora eu sou o moderador da sessão de quadrinhos do Meia Palavra (fórum de literatura, sobre o qual já falei aqui mais de mil vezes) e faço parte da equipe do blog do Meia Palavra.

Na real: eu nem sei o que vai acontecer com o Super Nada mesmo. Não sei se terei tempo de manter um blog pessoal e nem sei se quero manter isso, mas também não quero perder o único lugar de verdade aonde posso deixar minhas opiniões aleatórias sobre a humanidade. Só espero que no meio disso tudo, vocês, os leitores do Super Nada, entendam que eu estou crescendo e evoluindo mentalmente e por isso preciso de novas fronteiras à quebrar.

Não, esse não é meu ultimo post (assim espero). Mas pode ser o penúltimo. Bom... vocês vão saber aonde me procurar se eu for escrever em outro lugar. Quanto aqueles que eu acompanho os blogs ( Mari, Leo e outros que no momento não lembro os nomes), aviso que não vou deixar de ler o que escrevem, só não vou poder fazer isso com a agilidade que fazia antes.

Abraços, garotada! E não se esqueçam de ler meu primeiro post no Blog do Meia Palavra (sim isso é um link e para ler basta clicar nele)

5 Comentários:

Leo disse...

A boa notícia é que não perdi um leitor. A notícia ruim é que eu gosto pra caralho do SNM e não vou gostar nadinha de ver o blog acabando.

Sua posição é perfeitamente "entendível". Você tem o Contos, Café e Poesia pra administrar [e é uma vergonha eu nunca ter passado lá], vai começar a faculdade [assim como eu], agora tem o blog e o fórum Meia Palavra pra tomar conta [coisas que com certeza demandam tempo e dedicação], sem contar os outros tantos afazeres da vida não virtual. Quanto a crise de criatividade, não se preocupe: ela passará, como todas as crises passam. E aposto que não demorará muito.

Bom, eu desejo sucesso pra ti em todos esses novos empreendimentos de 2009. E faço um pedido: continue expondo suas idéias aqui no SNM. Mesmo que seja aos poucos, só de vez em quando, garanto que sempre vai ter alguém pra ler o que você postar aqui. [Eu!]

Que esse não seja o penúltimo post daqui e que você tenha muito sucesso em todos os novos projetos desse ano.

Até mais!

Camila :) disse...

nossa, gostei muito do seu post!muito transparente com as palavras!
voltoo akii sempre hehe


bejooos

Jaque disse...

Bom, eu sempre dou uma passada por aqui [mesmo não deixando comentário todas as vezes], então, espero que o blog não estacione de vez.

Espero tbm que logo, logo vc esteja inspirado pra escrever coisas legais.
Gostei do texto no blog do meia palavra, interessanste...

Boa sorte com a faculdade!

;*

Lua. disse...

Essa crise de criatividade deve ser epidemia... Fechei meu blog de poesias (o Overdose Lirica) por pura falta de palavras... Mas parar não faz meu estilo, então eu abri o 'Borboletas Nunca Mais' te espero lá, e espero poder ler suas criações!

Bgs da Lua :*

Mary West disse...

Começo de ano meu amor, todo mundo meio que em crise existencial.