Pequenos cortes, mas no final, vivo!


"Quando mais importante é uma coisa, mais duro de perder." É dessa forma triste e conclusiva que começo o meu post. Como essa coisa que de frente a nós, é uma máquina e não pode demonstrar emoções, acho que vou ter que deixar bem claro que hoje é, realmente, um dia triste. Por que? Porque vou deixar de fazer uma coisa que eu gosto (Calma! Não estou deixando o blog), todos os finais de semana. Bom, creio que poucos saibam que eu cantava em uma banda. Digo cantava, pois hoje (um domingo, sempre eles) deixei a banda. Sim, estou muito triste, mas sei que com o tempo tudo passa, e pode ser até que entre ou forme uma banda em que eu vá curtir mais as coisas e possa aproveitar melhor tudo!

Sei que poucas vezes usei o blog para falar (diretamente) da minha vida. E quero lembrar que só estou aqui para escrever esse conto de lamentação, pois acredito ter aprendido grandes lições de tudo isso. Aprendi que não importa o quanto nos esforcemos, ninguém além de nós vai notar. E que as pessoas não dão a mesma importância que você as coisas. Talvez, tenha aprendido o valor de se fazer as coisas com pessoas que não são nossas amigas, porque errar cria inimizade...

Que eu possa ensinar com os meus erros e e vocês não tenham de passar pela mesma coisa...

6 Comentários:

Liz disse...

Ja estou eu aqui dando voltas em blogs alheios...adoro dar essas passadas rapidinhas e deixar um recadinho, quem sabe você não conhece o meu e a gente passa a se visitar de vez em quando?!
Liz

Nai disse...

*lê o comentário de cima* aê Breno, arrasando corações! ta ta, parei.

Mary West disse...

Oh puxa eu sinto muito! Música é sempre algo q encanta nossa vida e imagino que para alguem que estava mais envolvido diretamente com isso, como vc, deve ser realmente dificil. Mas estamos aki p/ qualquer desabafo ok? =*

A gih. disse...

Breno, Breno. Que triste rapaz, mas ó, desanima não, como tudo em nossas humildes vidas, tem sempre um lado bom.

ღ mey ♥¨`*•.¸¸.•*´¨♥ღ disse...

nossa, desculpe a minha demora em voltar... andei ocupadinha!
feliz ano novo

Heidinha disse...

fazer coisas com não-amigos não presta. nunca. não dá certo, ninguém fica feliz, e vc sempre se fode, de alguma forma.
sad, cruel, but true.