Quando o mar vira e o barco não afunda...


Todos nós temos nosso dia de cão. Sei disso e não há nada nesse mundo que me faça esquecer dessa verdade, porque tem dias que você simplesmente acorda e o mundo diz que você vai ser ferrar, e relamente você se ferra, mas se ferra bonito mesmo. É como se nada fosse dar certo, e realmente não dá. Ouvi de uma velha, na fila de banco (ou seja: de um grande oráculo da montanha perdida), que não adianta lutar contra isso, que nada muda o destino. Para dizer a verdade: eu não acredito em destino, claro que não sou um descrente que não acredita que as coisas tem uma ligação, só que apenas não acho que essa ligação seja pré fabricado por uma divindade. Acredito que podemos sim lutar contra o que nos acontece (o que não quer dizer que vamos ganhar).

"Quando o mar vira e o barco não afunda, é certo de que outro dia nascera e com ele vira uma nova onda."


ditado meu, pode acreditar, criei agora só para botar nessa budega.


Detalhe que a imagem nada tem haver com o post...

1 Comentários:

Liberdade disse...

É meu filho "toda trilha é andada com a fé de quem crer no ditado: que o dia insiste em nascer"...rsrsrs


e mais uam coisa... como mudo o fundo do meu blog, mas quero algo personalizado sem ser branco e preto???